domingo, 16 de novembro de 2008

No final, tudo vira festa!

Que no final tudo acaba em festa não é segredo para ninguém! Mas até lá, é preciso muita dedicação, envolvimento, interesse e principalmente, vontade. Minha mãe já dizia "se é para fazer, que faça bem-feito", e isso, é uma das muitas coisas que levo comigo até hoje, e levarei enquanto for válido. Não adianta de nada dedicação, empenho, interesse e a vontade não estar presente.
Quando fazemos por nós mesmos, nos responsabilizando por tudo o que vier a ocorrer, "colocando a nossa conta em risco", é mais fácil ...se alguma coisa sair fora do planejado, o único prejudicado somos nós! Agora, quando o assunto envolve outras tantas pessoas, tudo fica mais delicado. É preciso pensar no que os outros irão achar, o que os outros querem e pensam, como será a reação dos outros e por fim, se todos irão concordar com você.
O processo é longo, as idéias são muitas: surgem de todos os lados, o único problema é: agradar a gregos e troianos. No meio de tudo, sempre tem aquele tal alguém que irá dar um pouco de trabalho, seja por querer participar demais e acabar por não fazer nada, ou por participar de menos e achar que fez muito.
O interessante, é que, são coisas assim, que costumam nos alertar a confiar mais em quem menos se espera e abrir os olhos antes de decidir qualquer coisa.
Seja com stress, cansaço, otimismo, alegria ou tristeza, o importante, é que no final tudo vira festa, e se ainda não virou, é porque não chegou ao final.

2 comentários:

Camila Oliveira disse...

Você fez muito e fez bem-feito.
E pode ter certeza que agradou a todos.
Me desculpa por alguma coisa que (não) fiz.
=*

Guilherme disse...

Gaby...

amei linda

falei que iria ver seu blog e está feito!

Adoro ler o que você escreve...

Amo você

Parabéns pela iniciativa

Beijãoo